Tudo a saber e ver

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Gato vira "chefe" de família e exige colo do dono todos os dias

"Meia hora de atenção e carinho todos os dias", disse o homem.

Fonte: Redicct
(Crédito: Reprodução Reddit)
 (Crédito: Reprodução Reddit)


Todo dono de gato sabe que, embora você seja o humano da casa, é ele quem manda. E Tigger, o bichano de Faith Linderman, é sem sombra de dúvidas o chefe da família. O animal chegou a sua vida há dez anos, quando o encontrou debaixo de um caminhão, próximo ao estacionamento que trabalhava.
Ela decidiu adotar o gato e levá-lo para casa, onde se instalou sem problemas. Curiosamente, Tigger desenvolveu um vínculo especial com o pai de Faith e ama abraçá-lo mais do que qualquer coisa. O amor é tão grande que acariciar o felino se tornou parte da rotina matinal do homem. 
Todas as manhãs, Tigger espera que o pai de Faith acorde e encha seu potinho de comida. Em seguida o homem toma café da manhã e termina de ser arrumar para o trabalho. Por volta das 7h30 já está pronto, então se aconchega no sofá para assistir o noticiário e dar carinho do bichano.
"Ele recebe pelo menos meia hora de atenção e carinho todos os dias", disse Linderman ao site americano The Dodo. “E se o outro felino, Boots, tentar chegar primeiro, Tig simplesmente sentará em cima dele até sair. Esse é o lugar dele."
Depois de receber seu carinho matinal, o pet sai de casa e fica andando pelas redondezas até seu dono retornar do trabalho. Uma vez em casa e sentado no sofá, Tigger não perde tempo e logo pula no colo do homem para ganhar mais atenção. 

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Paciente fica com vibrador preso no ânus e não é operado


Brinquedo sexual ficou preso em seu reto por 24 horas.

Fonte: Revistagalileu
(Crédito: Tringali, A. et al./BMJ Case Reports, 2018)
 (Crédito: Tringali, A. et al./BMJ Case Reports, 2018)


Uma equipe de médicos do Grande Ospedale Niguarda, hospital de Milão, na Itália, desenvolveu uma nova ferramenta depois que um homem de 31 anos chegou ao pronto-socorro com um vibrador de borracha que já estava preso em seu ânus por 24 horas.
Segundo o relatório do caso, publicado no periódico BMJ Case Reports, o rapaz sentia uma dor abdominal leve, mas passava bem. Uma análise de raio x mostrou que o objeto tinha 60 centímetros.

O médico Lorenzo Dioscoridi e seus colegas tentaram várias maneiras para remover o item: fios hospitalares para a remoção de pólipos, balão dilatador e uma pinça cirúrgica. Contudo, nenhuma das alternativas apresentou sucesso.

Perante ao desafio de evitar a última opção, que seria uma cirurgia altamente invasiva, eles construíram um dispositivo “caseiro” com fio de metal, que foi empurrado no corpo do homem por meio de um tubo de stent. O dispositivo era rígido o suficiente para dar a volta no brinquedo sexual e afastá-lo das paredes do cólon.




Uma equipe de médicos do Grande Ospedale Niguarda, hospital de Milão, na Itália, desenvolveu uma nova ferramenta depois que um homem de 31 anos chegou ao pronto-socorro com um vibrador de borracha que já estava preso em seu ânus por 24 horas.
Segundo o relatório do caso, publicado no periódico BMJ Case Reports, o rapaz sentia uma dor abdominal leve, mas passava bem. Uma análise de raio x mostrou que o objeto tinha 60 centímetros.

O médico Lorenzo Dioscoridi e seus colegas tentaram várias maneiras para remover o item: fios hospitalares para a remoção de pólipos, balão dilatador e uma pinça cirúrgica. Contudo, nenhuma das alternativas apresentou sucesso.

Perante ao desafio de evitar a última opção, que seria uma cirurgia altamente invasiva, eles construíram um dispositivo “caseiro” com fio de metal, que foi empurrado no corpo do homem por meio de um tubo de stent. O dispositivo era rígido o suficiente para dar a volta no brinquedo sexual e afastá-lo das paredes do cólon.



sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Menina será vendida por 50 ovelhas quando menstruar pela 1ª vez


O destino de Zakura já está selado

Fonte: Jornal extra
Zakura, de 7 anos, vai se casar quando menstruar (Crédito: Reprodução)
 Zakura, de 7 anos, vai se casar quando menstruar (Crédito: Reprodução)

Ivan Vdovin está em Wadi Qelt (Cisjordânia) para documentar a vida de Zakura, de apenas 7 anos. O objetivo do filme é tentar pôr fim a uma prática comum na região. O destino de Zakura já está selado. A menina beduína será vendida quando menstruar pela primeira vez, por volta dos 11, 12 anos. É uma tradição local.
O pai da menina acredita que o preço justo pela filha sejam 50 ovelhas. Arafat, que já foi guia de Vdovin em uma produção anterior, chegou a oferecer Zakura ao russo, de 27 anos. Ele sugeriu que o cineasta levasse a menina para ser criada em Moscou, como futura esposa dele. Educadamente, Vdovin declinou.

O documentarista espera que o filme desperte a atenção de alguma organização a fim de dar às meninas de Wadi Qelt oportunidades de educação e mudar o destino de "prometidas" para homens bem mais velhos em troca de animais.

"Na tradição beduína, o pai de meninas as troca por animais da família do noivo assim que elas menstruam. O pai de Zakura diz que ela vale 50 ovelhas, que é um valor considerado bom", disse o russo.

Logo após o casamento, espera-se que Zakura e as outras meninas comercializadas pelos pais comecem a procriar.
Zakura, de 7 anos, vai se casar quando menstruar (Crédito: Reprodução)

Zakura, de 7 anos, vai se casar quando menstruar (Crédito: Reprodução)


Internautas ficam intrigados com supostos fantasmas flagrados pelo Google Street View


Imagens feitas num cemitério americano mostram uma criança e um 'vulto negro'

Fonte: Revista encontro
Internautas ficaram assustados com dois supostos fantasmas que foram flagrados pela câmera do Google Street View num cemitério dos Estados Unidos (foto: Google Street View/Reprodução)
 Google Street View/Reprodução

Internautas estão intrigados com dois supostos fantasmas que foram "flagrados" por uma câmera do Google Street View no cemitério Martha Chapel, situado na cidade americana de Huntsville, no Texas. A infromação foi divulgada pelo tabloide britânico The Mirror na quarta, dia 29 de agosto.

Quem também compartilhou os supostos flagrantes sobrenaturais foi o canal The Hidden Underbelly 2.0, do YouTube, que publicou um vídeo com as imagens que podem ser encontradas no Google Maps no dia 25 de agosto. "O primeiro espírito é de uma criança espiando por trás de uma árvore. É uma imagem é tão clara que podemos ver a cor cinza da entidade [...] O segundo está encapuzado, vestido todo de preto e caminha por entre os jazigos.  Não parece que ele pertence ao local", diz o texto que acompanha a gravação.

Conforme o The Mirror, o espírito infantil seria de uma menina com cerca de 8 anos. Sua imagem está muito nítida e dá para ver que, mesmo de trás da árvore do cemitério, ela acabou dando uam espiada para um ponto que não pode ser identificado pela câmera do Google. Enquanto isso, logo ao lado dela, usando a visão 360º do Street View, dá para notar o vulto uma pessoa em trajes negros com capuz, que vaga por entre as lápides do mesmo cemitério.


Apesar do "mistério" causado pelo "flagrante" do sistema de mapas da empresa americana de tecnologia, muitos usuários do YouTube não concordam com a teoria de que seriam fantasmas. "Parece apenas uma menina escondendo atrás da árvore e o outro pode ser uma folha agarrada na cerca", comenta a internauta Jodie Raggett. "Então, você vê o que parece ser uma criança escondida atrás de uma árvore e assume ser um fantasma? Quando você checa a imagem original, o que vê? Do lado oposto da criança existem cadeiras dobráveis, uma mesa de acampamento, uma câmera e uma caminhonete [...]", afirma o usuário Triv27. "Eu acho que o segundo 'fantasma' pode ser apenas um pedaço de trapo agarrado na cerca, porque, para mim, é o que parece ser", diz Jack Ryeng.

Assista ao vídeo e tire suas conclusões (ou acesse o endereço do cemitério no Google Maps):



Fugitivo de zoológico, macaco come batatas fritas no McDonald’s


Ele escapou de um zoológico em Gotemburgo, na Suécia.

Fonte: Ig
Crédito: Mirror
 (Crédito: Mirror)

Um macaco da espécie mico-de-goeldi escapou de um zoológico em Gotemburgo, na Suécia, na noite dessa quarta-feira (29). De acordo com o portal britânico Mirror , o paradeiro do pequeno primata foi facilmente solucionado quando a polícia recebeu a ligação de uma unidade do McDonald’s, onde o animal decidiu fazer uma ‘visita’.
O macaco entrou em uma loja da rede de fast-food e, 'sem se importar com formalidades', começou a comer todas as batatas fritas e maçãs que encontrou pelo caminho. Os outros consumidores – humanos – do restaurante ficaram chocados com o caso e avisaram à administração, que logo chamou as autoridades locais.
Os oficiais conectaram o caso com a denúncia do zoológico Universeum, um centro recreativo científico, que pouco antes havia reportado o desaparecimento do mico-de-goeldi fêmea, acreditando que o animal tinha sido sequestrado.

Assim, avisaram os responsáveis do local e todos se dirigiram ao McDonald’s para resgatar a pequena fugitiva.

Antes de ser levada para sua casa, porém, ela se tornou a personagem principal de diversas fotos e vídeos que os presentes registraram e publicaram nas redes sociais. “Vejo que ali havia a comida preferida dos macacos”, um deles escreveu na legenda da imagem.

Gato vira "chefe" de família e exige colo do dono todos os dias

"Meia hora de atenção e carinho todos os dias", disse o homem. Fonte: Redicct (Crédito: Reprodução Reddit) Todo dono ...