Tudo a saber e ver: Paciente fica com vibrador preso no ânus e não é operado

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Paciente fica com vibrador preso no ânus e não é operado


Brinquedo sexual ficou preso em seu reto por 24 horas.

Fonte: Revistagalileu
(Crédito: Tringali, A. et al./BMJ Case Reports, 2018)
 (Crédito: Tringali, A. et al./BMJ Case Reports, 2018)


Uma equipe de médicos do Grande Ospedale Niguarda, hospital de Milão, na Itália, desenvolveu uma nova ferramenta depois que um homem de 31 anos chegou ao pronto-socorro com um vibrador de borracha que já estava preso em seu ânus por 24 horas.
Segundo o relatório do caso, publicado no periódico BMJ Case Reports, o rapaz sentia uma dor abdominal leve, mas passava bem. Uma análise de raio x mostrou que o objeto tinha 60 centímetros.

O médico Lorenzo Dioscoridi e seus colegas tentaram várias maneiras para remover o item: fios hospitalares para a remoção de pólipos, balão dilatador e uma pinça cirúrgica. Contudo, nenhuma das alternativas apresentou sucesso.

Perante ao desafio de evitar a última opção, que seria uma cirurgia altamente invasiva, eles construíram um dispositivo “caseiro” com fio de metal, que foi empurrado no corpo do homem por meio de um tubo de stent. O dispositivo era rígido o suficiente para dar a volta no brinquedo sexual e afastá-lo das paredes do cólon.




Uma equipe de médicos do Grande Ospedale Niguarda, hospital de Milão, na Itália, desenvolveu uma nova ferramenta depois que um homem de 31 anos chegou ao pronto-socorro com um vibrador de borracha que já estava preso em seu ânus por 24 horas.
Segundo o relatório do caso, publicado no periódico BMJ Case Reports, o rapaz sentia uma dor abdominal leve, mas passava bem. Uma análise de raio x mostrou que o objeto tinha 60 centímetros.

O médico Lorenzo Dioscoridi e seus colegas tentaram várias maneiras para remover o item: fios hospitalares para a remoção de pólipos, balão dilatador e uma pinça cirúrgica. Contudo, nenhuma das alternativas apresentou sucesso.

Perante ao desafio de evitar a última opção, que seria uma cirurgia altamente invasiva, eles construíram um dispositivo “caseiro” com fio de metal, que foi empurrado no corpo do homem por meio de um tubo de stent. O dispositivo era rígido o suficiente para dar a volta no brinquedo sexual e afastá-lo das paredes do cólon.



Gato vira "chefe" de família e exige colo do dono todos os dias

"Meia hora de atenção e carinho todos os dias", disse o homem. Fonte: Redicct (Crédito: Reprodução Reddit) Todo dono ...